Programa Avançado em Anestesia Cardiovascular para Cardiopatias Congênitas

Home > Programa Avançado em Anestesia…

Programa de Anestesia Avançada para Doenças Congênitas do Coração

Centro de Estudos Aneste-Z

São Paulo, Brasil

 

PÚBLICO ALVO E OBJETIVOS

O Programa de Aprimoramento em Anestesia Avançada para Doenças Congênitas do Coração do Centro de Estudos Aneste-Z foi estabelecido com o objetivo de proporcionar uma sólida experiência clínica e acadêmica na formação especializada de  anestesiologistas no manejo perioperatório de pacientes pediátricos submetidos a procedimentos cirúrgicos cardiovasculares complexos.

 


ORGANIZAÇÃO

O programa de aprimoramento é organizado e dirigido pelo responsável do comitê de Educação do Centro de Estudos, Prof. Dr. Caetano Nigro Neto, TSA-SBA, PhD, MD e representante do Brasil na Associação Europeia de Anestesiologistas Cardiotorácicos (EACTA); além de colaboradores do programa. Tem como hospital base o Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia.

O Centro de Estudos estabelecerá os critérios para a certificação, expondo-os antes do inicio do programa. Para o recebimento do certificado final, o aprimorando deverá ter todas as avaliações dos estágios apresentadas, o logbook completo com todos os procedimentos realizados durante o ano e ter frequência mínima exigida de 75% nas aulas teóricas.

 


REQUISITOS PARA SELEÇÃO DO APRIMORANDO

Os candidatos devem ser certificados como médicos de acordo com o Conselho Regional de Medicina (CRM) e terem cursado o curso de residência médica em Anestesiologia de acordo com os padrões do programa de residência brasileira com certificação MEC e/ou SBA e, terem cursado o programa básico de anestesia cardiovascular e torácica (CTVA) e/ou um Programa Básico em Anestesia Pediátrica, além de apresentar comprovação de conhecimentos básicos em ecocardiografia perioperatória. No caso de médicos estrangeiros, além do Diploma Médico, devem apresentar diploma de 03 anos de Residência em Anestesiologia (reconhecido pela Sociedade do País de Origem).

 


DURAÇÃO DO PROGRAMA

O programa é oferecido com a duração de um ano, iniciando sempre no primeiro dia útil de março, com término no último de fevereiro do ano seguinte.

 


ESTRUTURA DO PROGRAMA

O nosso programa está de acordo com o “The Accreditation Council for Graduate Medical Education (ACGME)” e “The American Board of Medical Specialties (ABMS)”, o qual inclui os seis pilares básicos para que os aprimorandos adquiram competência no aprendizado para promover alto grau de qualidade em cuidados médicos: conhecimento médico sobre ciências básicas, clínicas e correlatas; aprendizado e aprimoramento baseado na prática; habilidades interpessoais e de comunicação; profissionalismo e prática baseada em sistemas.

 


PROGRAMA

Durante o curso, o aluno será supervisionado diretamente por um consultor sênior (1:1). O conteúdo do programa é dividido em:

 

Programa Teórico-Científico (carga horária de 120 horas)

 

Disciplinas:

 

Seminários avançados sobre anestesia em cardiopatia congênita:

Essa disciplina inclui toda a programação teórica que abrange o curso.

O aluno irá participar de um curso teórico com aulas semanais baseado em temas na área de anestesia cardiovascular e torácica com palestras e seminários enfatizando a condução da anestesia em cardiopatia congênita, principais condutas e protocolos, além de técnicas anestésicas, monitorização e medicamentos anestésicos e vasoativos utilizados na rotina da anestesia cardiovascular pediátrica. Também haverão discussões de casos clínicos e clubes de revista, com ênfase na discussão de protocolos, atualização de guidelines e melhora na qualidade do cuidado medico (40 horas).

Além disso, um curso teórico semanal de ecocardiografia perioperatória com prática de simulação (CAE Healthcare Vimedix® Cardiac Echo Simulator) será oferecido para a compreensão dos conceitos intermediários e avançados do ecotransesofágico (ETE) e transtorácico (ETT). (60 HORAS)

O aluno terá, obrigatoriamente, que apresentar casos clínicos de alta complexidade de pacientes pediátricos com cardiopatias congênitas em reuniões bimestrais e apresentar trabalhos em conferências e congressos. (20 HORAS)

 

 

Programa de Prática Clínica (carga horária de 1480 horas):

Durante o programa, os alunos terão todas as suas atividades no centro cirúrgico, ambulatórios, unidade de terapia intensiva (UTI) e laboratório de hemodinâmica do IDPC, para procedimentos pediátricos com cardiopatia congênita, supervisionados por um especialista sênior. A prática clínica de anestesia será dividida em estágios mensais em diferentes áreas e as disciplinas práticas serão cursadas em formato de rodízio durante o ano em curso.

 

Disciplinas:

 

Anestesia cardiovascular Congênito Complexa (6 meses – 800 horas):

O aluno será supervisionado e treinado para assumir a responsabilidade, de maneira progressiva, no tratamento anestésico perioperatório de pacientes pediátricos submetidos a cirurgias cardiovasculares complexas. O objetivo do programa é capacitá-los a fornecer cuidados especializados de anestesia em cenários eletivos e emergenciais. A exposição adequada é fornecida por uma variedade de cirurgias cardiovasculares complexas realizadas com e sem circulação extracorpórea, incluindo: CIA, CIV, PCA, Tetralogia de Fallot, Ventrículo Único, Transposição de Grandes Artérias. Exposição mínima de 80 casos.

 

Ecocardiografia Perioperatória Congênita (2 meses – 200 horas):

Durante a disciplina o aluno irá adquirir conhecimentos básicos e intermediários de ecotransesofágico perioperatório (ETE) e transtorácico (ETT) em pacientes com cardiopatias congênitas para a aquisição de imagens padrão, sob supervisão. Além disso, durante todo o ano, o aluno também participará de discussões com preceptores na sala de operações. Ao final da disciplina o aluno deverá estar apto a fazer um exame ecocardiográfico básico consistente. Exposição mínima de 80 casos durante a disciplina.

 

Laboratório de Hemodinâmica Congênito (2 meses: 240 horas):

Participará, juntamente com membro da equipe de anestesia cardíaca, de procedimentos cardíacos intervencionais em doenças cardíacas congênitas, padrão e avançado: estudos hemodinâmicos em cardiopatias congênitas complexas, oclusão de canal arterial persistente, oclusão de comunicação interatrial, oclusão de comunicação interventricular, colocação de stents em artéria pulmonar e procedimentos cirúrgicos híbridos. Exposição mínima de 80 casos.

 

Unidade de Terapia Intensiva Congênito (UTI) (2 meses – 240 horas):

Durante a disciplina da UTI, o aluno irá acompanhar preferencialmente o pós-operatório de pacientes pediátricos com patologia cardiovascular complexa sob a orientação e supervisão de consultores da unidade. Completará um repertório de habilidades pertinentes, incluindo, entre outras: o manejo hemodinâmico e metabólico pós-operatório, uso de marcapassos e drenos de tórax (incluindo a colocação), suporte respiratório invasivo e não invasivo, protocolos de sedação e de desmame de ventilação controlada, terapia de reposição renal, manejo de ECMO, avaliação clínica neurológica e interpretação de imagens neurológicas, torácicas e vasculares, manejo do controle de sangramento e o aprendizado dos principais protocolos locais.

 

Durante os últimos 60 dias do programa, o aluno deverá ser capaz de atuar de maneira independente, sob supervisão remota. Um membro sênior do corpo docente estará sempre disponível.

No final do programa, o aluno deverá ser capaz de:

  1. Compreender a embriologia, anatomia e fisiologia cardiovascular normal;
  2. Realizar avaliação pré-operatória abrangente do paciente pediátrico interpretando os testes de função cardiovascular de forma racional;
  3. Conhecer as alterações fisiopatológicas das cardiopatias congênitas simples, complexas e suas implicações anestésicas;
  4. Manejar com tranquilidade os diversos grupos farmacológicos utilizados: antiarrítmicos, inotrópicos, cronotrópicos, vasopressores, vasodilatadores, beta bloqueadores, diuréticos, anticoagulantes;
  5. Compreender os princípios fundamentais da circulação extracorpórea (CEC), oxigenação por membrana extracorpórea (ECMO) em cardiopatias congênitas;
  6. Conhecer a fisiologia da coagulação e interpretar adequadamente os testes de coagulação, bem como gerenciar de forma crítica o sangramento perioperatório utilizando a farmacologia disponível e terapia de transfusão;
  7. Compreender as mudanças fisiológicas associadas à hipotermia;
  8. Demonstrar habilidade para instalar e interpretar dados de cateteres arterial, venoso central e de artéria pulmonar;
  9. Realizar ecocardiografia perioperátoria transesofágica e transtorácica básica
  10. Adaptar e responder a situações de estresse e emergência, bem como coordenar ações com outros profissionais em unidades de cuidados intensivos;
  11. Espera-se que o aprimorando atue de maneira respeitosa, cortês, civil e ética, no melhor interesse dos seus pacientes;
  12. Participação ativa em atividades de pesquisa básica e clínica com capacidade de interpretar criticamente a literatura publicada e fazer contribuições significativas para projetos de pesquisa.

 


TAREFAS E RESPONSABILIDADES DO ALUNO

O aluno irá participar da rotina clínica, em conferências com a Divisão de Anestesiologia, bem como os setores Cardiopatia Congênita Clínica, Laboratório de Hemodinâmica para pacientes Congênitos e Unidade de Terapia Intensiva Congênito Pediátrico.

Também irá participar na preparação e apresentação de trabalhos para congressos. Todo o método e apoio didático serão fornecidos através de palestras e conferências coordenadas pelo Aneste-Z.  Além disso, os projetos acadêmicos, incluindo a preparação e publicação de artigos de revisão, capítulos de livros, manuais para ensino ou prática clínica, pesquisa clínica ou outras atividades acadêmicas serão oferecidos e fortemente encorajados.

O aluno será obrigado a manter um logbook de todos os procedimentos em que participou durante o ano.

 


AVALIAÇÃO

O progresso do aluno será avaliado e discutido mensalmente pelo diretor do programa e consultores sênior, de acordo com a área de rodízio em que o aprimorando passou, sendo preenchida uma ficha de avaliação para cada rodízio efetuado (Ficha de Avaliação Mensal do Estágio). Também serão avaliados pelo staff de forma diária: a atitude profissional, o conhecimento e o julgamento clínico do aprimorando, bem como suas habilidades práticas, competência social, eficiência no manejo de pacientes e desempenho em cenários clínicos críticos (Ficha de avaliação diária – Intraday Debriefing).

 


CORPO CLÍNICO E INSTRUTORES

O diretor do programa tem vasta experiência em anestesia para cirurgia cardiovascular complexa em pacientes pediátricos. O Dr. Caetano Nigro Neto é responsável pelo programa de aprimoramento. Ele dedicará tempo suficiente para fornecer liderança substancial ao programa e supervisão para os alunos. Além disso, outros membros seniores da equipe de anestesia cardiovascular servem como professores clínicos e treinadores para os alunos na prática clínica diária. A seção de Anestesia Cardiovascular conta com mais de 8 consultores especialmente treinados em anestesia cardiovascular congênita pediátrica.

 


DIRETOR DO PROGRAMA:
Caetano Nigro Neto, MD, PhD, TSA-SBA

 

INSTRUTORES COLABORADORES:

Dra. Adélia Bergwerk MD: Especialista em Anestesia Cardiovascular / Presidente do Aneste-Z

Dr. Marcelo Alves Gonçalves MD: Especialista em Anestesia Cardiovascular / Vice-presidente da Aneste-Z

Dr. Francisco José Lucena Bezerra Mestre; MD: Especialista em Anestesia Cardiovascular/ Coordenador do Programa Teórico Básico

Dr. Vinícius Nascimento: Especialista em Anestesia Cardiovascular/ Especialista em ETE perioperatório-IDPC / Coordenador do Programa Prático Básico

Dr. Marcos Mendonça MD; TSA-SBA: Coordenador do Programa Teórico de Ecocardiografia Avançada para Anestesiologistas/ Especialista em Anestesia Cardiovascular / Especialista em ETE perioperatório

Dr. Marcello Salgado MD; PhD; TSA-SBA: Coordenador do Programa Prático de Ecocardiografia Avançada para Anestesiologistas/ Especialista em Anestesia Cardiovascular / Especialista em ETE perioperatório

Dra. Gretel Oliveira Nicolau MD: Coordenador do Programa de Anestesia Avançada para Doenças Congênitas do Coração / Especialista em Anestesia Cardiovascular /Especialista em Anestesia Avançada para Doenças Congênitas do Coração

Dr. Leonardo Izquierdo MD: Vice-coordenador do Programa de Anestesia Avançada para Doenças Congênitas do Coração/ Especialista em Anestesia Cardiovascular / Especialista em Anestesia Avançada para Doenças Congênitas do Coração / Especialista em ETE perioperatório-IDPC

Dr. Alexsander Takaishi Hamada MD: Especialista em Anestesia Cardiovascular / Especialista em ETE perioperatório-IDPC

Dr. Emerson Costa MD: Especialista em Anestesia Cardiovascular / Vice-Coordenador do Programa Teórico Básico

 


PROCESSO DE SELEÇÃO

A seleção dos candidatos será feita pelo Centro de Estudos tendo com responsável o Dr. Caetano Nigro Neto.

 


Número de vagas

3 vagas exclusivas para quem, nos últimos anos, participou do programa Teórico-Prático Básico em anestesia Cardiovascular e Torácica da Aneste-Z, na eventual ociosidade de alguma destas  vagas, será aberto processo seletivo para candidatos que tiverem cursado o programa básico de anestesia cardiovascular e torácica (CTVA) e/ou um Programa Básico em Anestesia Pediátrica, além de apresentar comprovação de conhecimentos básicos em ecocardiografia perioperatória.

 


Pré-requisito médicos brasileiros

Documentos: 

 

Pré-requisito médicos estrangeiros

Documentos: 

 

Entrevista e Análise de Curriculum:

As notas finais, para fins de classificação dos candidatos, serão definidas de acordo com os seguintes pesos mencionados abaixo (valor máximo de 100): 40 currículo / 60 entrevista